sexta-feira, 15 de outubro de 2010

DE BAGDADE COM AMOR


Imagem retirada da net

Sinopse: Ao entrarem numa casa abandonada em Fallujah, no Iraque, alguns fuzileiros ouvem ruídos suspeitos, empunham as armas, contornam uma parede e preparam-se para abrir fogo.
Oque encontram durante o ataque americano à "cidade mais perigosa do mundo," contudo, não é um rebelde apostado em vingar-se, mas um cachorrinho, abandonado durante a fuga da maior parte da população civil antes de começar o bombardeamento. Apesar da lei militar que os proíbe de ter animais de estimação, os fuzileiros tiram as pulgas ao cachorro com querosene, desparasitam-no com tabaco de mascar e empanturram-no com refeições de consumo imediato (RCI).
Inicia-se assim a dramática tentativa de resgatar um cão chamado Lava, que por sua vez irá salvar das feridas emocionais da guerra pelo menos um fuzileiro, o tenente-coronel Jay Kopelman.

Opinião:
Terminei hoje de ler este livro que me foi emprestado pela Fernanda. Muito obrigada desde já :)
Ao início estranhei um pouco este tipo de registo pois a história passa-se em plena guerra no Iraque, logo todas as armas e técnicas de combate e todas essas coisas são mencionadas.
Mas depois quando o Lava entra em cena tudo muda de figura! É incrivel como um fuzileiro do Exército Americano se apaixona pelo pequeno e doido cão e faz de tudo para o retirar do Iraque.
Uma história verídica, com um final feliz!
Recomendo a leitura!

5 comentários:

  1. Obrigado pela tua partilha,
    aoro livros com histórias verdadeiras...

    jinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá Paulinha
    Um livro que fala em guerra, com uma capa tão fofinha ...
    Também gosto de histórias verídicas, tenho muitos livros deste genero.
    Bjs
    Bruna

    ResponderEliminar
  3. ´já estive para comprar esse livro , adoro ler livro sobre animais , adorei o do Marley e o do DEWEY, este fica na minha lista ,bj

    ResponderEliminar
  4. Eu às tantas deixei de ler histórias verídicas, li livros k até chorei... A vida já por si é triste, já não leio nada deste tipo ó tempo..
    E essa capa é tão fofa :)
    beijoca

    ResponderEliminar
  5. Eu li esse livro no ano passado e gostei imenso... dá para chorar, claro, mas também chorei baba e ranho com o marley! Sou uma piegas!

    ResponderEliminar